Quando vale a pena detalhar contratos? | Descomplica!

Quando vale a pena detalhar contratos? | Descomplica!


04/10/2017

Mais uma semana, mais um vídeo da web-série Descomplica! Nessa série, te explicamos de maneira bem simples e descomplicada aqueles assuntos que os profissionais de decor tem um pouquinho mais de dificuldade. E o assunto da vez é sobre contratos!

Por quê contratos?

Na semana passada, a advogada Cláudia Cruz, especializada em advocacia consultiva e contratos, nos explicou porquê os contratos são tão importantes para seu negócio. Ela mostrou que a relação entre arquiteto/design de interiores com um advogado funciona muito bem. Ela também desmistificou aquela ideia de que envolver um advogado pode “atrasar” a situação, que a linguagem é muito complicada ou até que custa muito caro contratar esse profissional. Utilizar contratos escritos é essencial para um negócio, para te trazer segurança e garantia em uma possível situação com um cliente num futuro.

Dessa vez, a Cláudia vai responder a pergunta “Quando vale a pena detalhar e subdividir os serviços em várias partes? Afinal, existem vários tipos de serviços que o profissional da nossa área pode prestar. Pode ser um projeto de arquitetura de interiores com ou sem gerenciamento da obra. Pode ser também um projeto de decoração com ou sem acompanhamento. Enfim, existem vários serviços que um profissional pode realizar, mas então, quando é importante subdividir esses serviços em várias partes? E por quê fazer essa divisão?

Ufa, ainda bem que temos a Cláudia para descomplicar esse assunto, né rs? Eu sei que pode parecer um pouco difícil entender esse tipo de questão, mas é exatamente para isso que criamos a Descomplica! Todos os assuntos tratados nessa web-série são fundamentais para qualquer negócio. Por isso, é tão importante que você anote todas as dicas de nossos especialistas.

Portanto, não vai perder tempo. Como eu sempre digo: quanto antes você começar, antes você terá resultados. Então pegue um papel, uma caneta, dá um play no vídeo e mãos à obra!

Lucila Turqueto

Sem Comentários

LEAVE A COMMENT